Aguarde por favor...

Como escolher o plano de saúde ideal para você

26 de janeiro de 2017 by admin0
checklist_blog-1200x734.jpg

Atualmente, o Brasil possui 48, 2 milhões de beneficiários em planos médico-hospitalares. Segundo dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), esse número cresceu aproximadamente 11 milhões nos últimos dez anos, e o aumento reflete a valorização que o brasileiro dá ao plano de saúde.

Com cada vez mais opções no mercado, escolher o plano de saúde ideal requer atenção, há diversos operadores, planos, taxas e tipos de cobertura oferecidos. Na hora de contratar o serviço, é preciso cuidado para não acabar pagando caro ou barato demais por um atendimento ineficiente.

Para ajudá-lo nesta questão, trazemos, a seguir, dicas para orientá-lo na escolha do plano de saúde ideal para seu perfil e necessidades. Confira!

checklist_blog

1 – Faça uma boa pesquisa

Primeiramente, faça uma boa pesquisa para não cair em uma fria. A ANS divulga um ranking anualmente com base em diversos aspectos relacionados aos planos de saúde. Além disso, na página da agência nacional tem uma pesquisa de qualidade, basta procurar pelo nome do plano e você terá uma ideia do serviço que ele oferece.

As indicações também são importantes. Se você conhece alguém que utiliza o serviço que pretende contratar, pergunte a essa pessoa a respeito: sempre é bom ter opiniões de quem já utiliza o plano de saúde.

Na hora de pesquisar pelo plano de saúde ideal é importante, além da qualidade do serviço, ver se ele não tem alguma pendência ou foi descredenciado pela Agência Nacional de Saúde Complementar.

2 – Avalie a abrangência e a rede credenciada

Você pode optar por um plano que atenda apenas onde você mora, em termos de município ou de Estado, como também por algum de abrangência nacional. Esta definição é bem importante e vai depender da sua necessidade. Se você costuma viajar com frequência, é recomendável que escolha um plano de saúde com pontos de atendimento em todo o território nacional. Vale lembrar que o tamanho da abrangência pode impactar, também, no valor do plano, por isso avalie com cuidado suas reais necessidades de utilização.

A observação da rede credenciada de hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais de saúde que prestarão serviço também é fundamental. Lembre-se de que mais importante do que uma rede ampla é uma de qualidade.

3 – Escolha o seu tipo de plano

Para ter um plano de saúde ideal você precisa definir, também, se ele será feito de maneira individual, na modalidade familiar ou até mesmo empresarial. Dependendo do número de pessoas beneficiadas vale mais a pena escolher um plano familiar ou empresarial, pois, muitas vezes, eles saem mais baratos que o individual.

Além disso, você precisará escolher entre o plano completo (de valor fixo) ou de coparticipação (com pagamento de um valor complementar a cada consulta ou procedimento, além do valor da mensalidade).

Entenda a diferença entre plano completo e de coparticipação e veja qual é a melhor escolha para você com as dicas que compartilhamos aqui no blog.

4 – Informe sobre doenças pré-existentes

Na hora de contratar o plano de saúde ideal você deverá informar o corretor ou consultor no caso de ter apresentado no passado ou ainda ter uma determinada doença.

A operadora não pode recusar o cliente, mas as empresas oferecem algumas alternativas nesses casos. Você poderá pagará um pouco a mais para ter direito a determinados atendimentos ou terá um período de carência maior para aqueles atendimentos específicos da doença que você já apresenta.

5 – Conheça os mecanismos para utilização do plano

Informe-se como será a sua rotina após contratar o plano de saúde. Saiba se, para utilizar os serviços, será necessária alguma autorização prévia – e, em caso positivo, entenda como é feita essa liberação – se há reembolso e como ele é feito, como você pode utilizar a rede credenciada de hospitais, etc. Conhecer esses mecanismos vai facilitar a utilização do plano de saúde e evitar contratempos ou frustrações no futuro.

6 – Conheça a mensalidade e custos adicionais do plano

Os planos de saúde cobram a mensalidade tendo como base critérios como a faixa etária do cliente: quanto maior a idade, maior pode ser o fator de risco e, portanto, o valor da taxa.

Para um plano de saúde ideal você precisa questionar a operadora todos os detalhes sobre essa cobrança. O valor é fixo? Há cobrança adicional por consultas, exames ou algum procedimento realizado? Há reembolso se você optar por um profissional que não atue na rede credenciada? Esses detalhes são essenciais para você saber quanto irá pagar mensalmente e para escolher o plano mais adequado ao seu perfil de uso.

7 – Revise os contratos

Depois de definir todos os detalhes, chega o momento de assinar o contrato. Mesmo que você já tenha acertado com o operador como você quer o plano, não deixe de revisar bem o contrato antes de assiná-lo. Assim, você evita surpresas quando precisar utilizar o serviço.

Ficou com alguma dúvida sobre como escolher o plano de saúde ideal? Converse com um corretor Thapymar de plantão.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


logogrupothapymarbranca

O grupo Thapymar está presente no mercado há 22 anos. Inicialmente iniciou suas atividades na cidade do Rio de Janeiro com foco exclusivo na comercialização de planos de saúde. Graças a sua seriedade e compromisso com o cliente, a Thapymar vem crescendo de maneira acelerada desde a sua fundação, se tornando hoje uma referência no mercado de planos de saúde e seguros em todas as cidades onde atua.

© Grupo Thapymar 2017. Design by WebMakers